Encontro de Leigos com a Equipe Geral em Libreville

Encontro da Equipe Geral com as Fraternidades Leigas de Emilie, no Gabon

Sr. Nuria Bayó, Anne Béatrice Faye e Ivanete Dal Farra, por ocasião de sua visita às comunidades da Província da África central, tiveram a oportunidade de partilhar com três grupos de leigos: Fraternidade Leiga de Emilie a Port Gentil, a Fougamou e a Libreville. Foi um momento muito rico de partilha do caminho que os leigos estão fazendo junto com as irmãs e uma oportunidade para encorajar os grupos a seguir Jesus Salvador, ouvindo sua palavra, e beber da fonte do Carisma de Emilie, num discipulado de iguais.

Partilhamos aqui. as palavras do coordenador dos grupos de leigos Emilie de Villeneuve, Laurent LENDAMBA, por ocasião do encontro de leigos à Libreville, Gabon, dia 14 de abril de 2011.

Reverenda Ir. Núria Bayo, Superiora Geral da Congregação das Irmãs de Nossa Senhora da Imaculada Conceição de Castres.

Reverendas Imãs da equipe geral : Ivanete Dal Farra e Anne Béatricde Faye.

Em comunhão com todas as Irmãs da Congregação da África Central, nós as saudamos calorosamente e expressamos nossa alegria de tê-las entre nós. Que sua estadia ao Gabon seja abençoada por Deus.

Esse tempo dedicado à partilha nos entusiasma, pois é um momento de refontização e de encorajamento do caminho que nós leigos estamos fazendo com a ajuda das Irmãs para melhor impregnarmo-nos da vida e da Palavra de Jesus Salvador para a maior glória de Deus Só.

Nós membros da Fraternidade Leiga de Emilie de Villeneuve somos mulheres, homens e jovens que decidiram, com a graça de Deus, viver da melhor forma possível, a Espiritualidade de Emilie para se impregnar de seu Carisma e fim de levar também o Evangelho e a Caridade lá onde a voz dos pobres nos chama...

Nosso dever nestas circunstâncias é, portanto, partilhar com vocês nossas experiências cotidianas e, sobretudo, a vida dos grupos.

Assim, além da vivência da missão a qual nós procuramos testemunhar, nós nos engajamos em nossos encontros a partilhar a Palavra de Deus e os escritos de Emilie na meditação da Palavra, o exercício que gostamos de fazer com a ajuda de algumas irmãs, e nas ocasiões de nossa disponibilidade, consiste em tomar o texto de Emilie, lê-lo e meditá-lo, partilhar os sentimentos que nos animam e ver quais resoluções podem ser tomadas, como cristãos para pôr em prática essa palavra. Essas resoluções podem ser em relação a si mesmo ou referente a outros, obviamente, as pessoas que Emilie qualifica como “seus privilegiados” quer dizer, os menores, os deserdados, os mais pobres, os membros sofredores de Jesus Cristo.

Nesse exercício, o canto, a oração e a escuta da palavra, ou seja do Evangelho da liturgia do dia são aspectos importantes e necessários que integram estes encontros. Com efeito, a luz, é a Palavra de Deus e o sal é a Oração e/ou o Canto.

Seria talvez audacioso precisar os lugares, a periodicidade destes encontros ou ainda recordar quando tivemos nosso último encontro?

Corro o risco de me enganar, pois essas atividades da fraternidade são devagar por diversos motivos. Mas essas razões não remetem em questão a existência do grupo como testemunhamos, em nosso último encontro, o retiro orientado por Ir. Sidonie OYEMBO no qual os membros reafirmaram seu engajamento e determinação de existir, a continuar a crer, rezar e amar.

Cada grupo aqui poderá dar seu testemunho, de acordo com setores diferentes de missão. Em todo caso, o único esclarecimento que poderei aportar é que um grande número de membros da fraternidade está no setor Educação, em seu cotidiano no acompanhamento dos jovens, no meio escolar. Nós estamos simplesmente convencidos de fazer o melhor para estar no meio deles e ser sal e luz, graça à Palavra de Deus e de Deus Só.

Outro aspecto, antes de terminar nossa apresentação, gostaria de aproveitar desta oportunidade para lhes agradecer, pois nunca é tarde, em meu nome próprio e em nome de todos os peregrinos da Beatificação da Bem Aventurada Emilie à Castres, em julho de 2009, agradecer através da senhora, superiora geral, toda a Congregação das Irmãs de Nossa Senhora da Imaculada Conceição por ter colocado à disposição seu tempo para que a estadia fosse agradável tanto à Castres como em seus arredores, e também à Lourdes, passando por Paris. Sim, a Beatificação de Emilie foi um grande acontecimento tanto em seu aspecto espiritual como um momento eclesial onde reuniram muitos povos. Nós guardamos uma boa lembrança desse acontecimento e lhes dizemos que seu desejo de tornar Emilie “Universal” está dando frutos e a messe é e será muito mais abundante. Mais uma vez, obrigado e nós esperamos viver outros momentos fortes de nosso crescimento espiritual e de reforço de nossa fé junto com vocês.

Nós estamos abertos ao diálogo e que Deus vos bendiga.

                                                                 Laurent LENDAMBA,